Discalculia Fazer teste agora Abrir el Menú Móvil Fazer teste agora
A discalculia é um transtorno de aprendizagem que afeta as habilidades matemáticas. Diagnosticá-la cedo pode ajudar a evitar um baixo desempenho escolar
Fazer teste agora

02maio

Actividades para melhorar a discalculia

A discalculia é uma perturbação específica da aprendizagem que afecta a aquisição de conhecimentos sobre os números e a numeracia. A melhor forma de ajudar a melhorar a discalculia é proporcionar às crianças actividades que se enquadrem no seu perfil, uma vez que cada criança pode ter problemas em diferentes áreas da matemática.

Melhorar a discalculia com materiais manipulativos
Imagem obtida em Istockphoto.com

Exercícios para melhorar a discalculia

Vamos analisar alguns tipos de exercícios que podem ser incluídos num programa de intervenção para trabalhar as dificuldades nas competências numéricas básicas das crianças e melhorar a discalculia.

Para cada um destes tipos de exercícios, é importante adaptar a atividade ao nível de capacidade da criança, evitar potenciais frustrações com as tarefas matemáticas e respeitar o tempo da criança.

Subitização

A subitização é o reconhecimento automático e imediato de pequenos conjuntos de elementos, sem necessidade de contagem.

A capacidade de apresentar automaticamente pequenas quantidades:

  • Promove a fluência operacional.
  • Facilita a capacidade de somar e subtrair mentalmente
  • Ajuda a detetar relações entre números, por exemplo, perceber que 10 é o dobro de 5.

Para ajudar a melhorar as capacidades de subitização, podemos mostrar-lhes durante alguns segundos um cartão com alguns elementos e a criança tem de reconhecer num relance o cardinal destes pequenos conjuntos sem contar.

Melhorar a discalculia: a subitização

Valor posicional dos números

O valor posicional é o valor que um algarismo assume de acordo com a posição que ocupa no número (unidades, dezenas, centenas…). Por isso, mudar a posição de um algarismo num número altera o valor total do número.

O facto de o mesmo número, por exemplo 5, poder representar 5 itens mas também cinquenta, quinhentos ou cinco mil, consoante a sua posição, pode ser um conceito complicado para as crianças com discalculia.

Ler e escrever números com os Flashcards Montessori permite às crianças compreender o valor posicional dos números. De facto, estes cartões coloridos são uma boa ferramenta visual para introduzir o conceito do sistema decimal, começando com as unidades (de 1 a 9) a verde, depois as dezenas (de 10 a 90) a azul, as centenas (de 100 a 900) a amarelo e, finalmente, os milhares (de 1000 a 9000) a vermelho.

Melhorar a discalculia: Flashcards Montessori

Operações verticais

A compreensão das operações é fundamental para o estudo da matemática. Para os alunos com discalculia, a compreensão dos processos subjacentes às operações verticais pode ser um dos principais obstáculos à aquisição de competências matemáticas básicas.

Fazer exercícios de adição e subtração utilizando os blocos de base 10 é essencial para que as crianças possam visualizar os procedimentos. A possibilidade de representar visualmente os números utilizados no cálculo e de aplicar os procedimentos através da manipulação dos objectos favorece uma compreensão mais profunda do que a mera memorização de procedimentos.

Vídeo tutorial sobre subtração vertical com llevada

No canal YouTube da Smartick, existem vários tutoriais para aprender operações verticais. O vídeo abaixo centra-se na subtração vertical com transporte utilizando blocos de base 10.

Resolução de problemas

Vamos agora ver como podemos melhorar a discalculia, ajudando na resolução de problemas matemáticos.

Os problemas matemáticos são tarefas complexas que exigem o envolvimento de diferentes competências cognitivas e metacognitivas. A capacidade de criar uma representação mental do problema é uma capacidade fundamental para ir além da compreensão semântica do texto fornecido, integrando todos os elementos do problema.

A capacidade de representar visualmente o problema é indicativa de compreensão e, por conseguinte, de melhor desempenho em tarefas deste tipo. Para ajudar as crianças neste domínio, podemos fazer exercícios de modelação com materiais manipuláveis, como contadores, tiras ou policubos. Na biblioteca nacional de manipuladores virtuais existem muitas ferramentas gratuitas que podemos utilizar para trabalhar a representação de problemas matemáticos com crianças com discalculia.

Esperamos que estas actividades ajudem a melhorar a discalculia do seu filho. Se tiver dúvidas sobre o risco de discalculia do seu filho, recomendamos que consulte um especialista para o ajudar a avaliar e, se necessário, a tratar. A identificação e os cuidados precoces ajudam a reduzir as dificuldades.

Hiwet Costa

Faça um novo comentário público no blog:

Os comentários que você escrever aqui serão moderados e poderão ser vistos por outros usuários.
Para cualquier outro tipo de consultas, escreva para [email protected]

O e-mail é mantido em privado e não sairá publicado.

Lei e aceito a política de privacidade e cookies